04
Jun
10

De nó na garganta

Não chorei na hora. Tive aquele nó a ameaçar, mas consegui controlar. Não sou de lágrima fácil, fico a sentir lá dentro, mas hoje foi muito difícil. Acabei por não conseguir conter as lágrimas mal saí da sala para atender a encarregada de educação. Por motivos vários, fiquei “presa” a esta turma…conquistaram-me por completo. Muita empatia, muita sintonia. Vontade de aprender e trabalhar. Vontade de se ser maior e melhor. As aulas passavam (para mim a voar); o cansaço desaparecia. Houve sempre tempo para brincar, para rir, para trabalhar. Sei que exigi, mas exigi o que podiam dar e exigi o que dei primeiro. Um conjunto humano muito especial, este 11ºB. Há turmas assim…de vez em quando, num percurso de um professor, aparece uma turma que faz com que tudo valha a pena. Tenho tido a sorte de ter turmas destas com frequência…das que deixam saudades; das que nos marcam. Todos e cada um deles ficou tatuado nos meus dias…ficou uma palavra, um sentir que, para sempre, estarão associados a cada um:
à Adriana, a impetuosidade;
ao Alex, a postura;
à Ana, a ordem;
à Catarina Correia, as perguntas;
à Catarina Oliveira, a distância;
à Cláudia, a força;
ao Daniel Almeida, a inconstância;
ao Daniel Canedo, a imperturbabilidade;
ao Fábio, a serenidade;
à Joana,a curiosidade;
ao João Pedro, a consciência;
ao Quinzé, a frontalidade;
ao Luís, a perspicácia;
à Marta, o equilíbrio;
ao Pedro, a determinação;
à Raquel, a maturidade;
ao Ricardo, a simpatia;
à Sara Pardilhó, a sinceridade;
à Sara Silva, a timidez;
à Sarah, a sensibilidade;
à Susana Tavares, a vivacidade;
à Susana Dias, a inquietação;
à Tânia, a procura.

E assim ficam todos….nem que seja tatuados com estas palavras que deixaram em mim. A todos estes miúdos fabulosos um beijinho do tamanho do mundo. Quis que todo o universo ficasse a saber disto.
Isabel Maia

Anúncios

40 Responses to “De nó na garganta”


  1. 1 Marta Freitas
    Junho 5, 10 às 12:06 pm

    Muito obrigada por todas estas palavras, stora… 🙂

    Penso que esse “nó” ameaçou muitos de nós, mas as lágrimas foram-se evitando… Afinal, era o último dia em que tinhamos aulas com a stora, mas não o último dia em que iamos estar consigo, além de que, por outro lado, há uma certa felicidade quando se olha para todo o caminho percorrido e se recorda todos aqueles bons momentos..

    Tenho a certeza que este sentimento e reciproco, a stora foi mais do que uma professora para nos, foi uma amiga… Sempre se dedicou muito a disciplina e a nós, fazendo um excelente trabalho e esteve sempre lá para responder às nossas questões (mesmo as mais pertinente :D) e ajudou-nos sempre,com essa energia e vontade de viver! Acho que todos nós somos um bocadinho “maiores” ao fim destes dois anos..

    É uma excelente professora e, mais importante, um ser humano com um coração enorme…

    Muitos beijinhus!

    P.S.: A máxima foi digerida com sucesso! 🙂

    • 2 IM
      Junho 5, 10 às 9:01 pm

      Marta,

      muito obrigada pelas tuas palavras! E tens razão…eu não vou desaparecer (quem é que me quereria raptar???ehehehehe…), portanto, vamos encontrar-nos todos os dias por ali e há sempre o mail, o telefone, etc. Podem sempre bater à porta, convidar-me para um lanchinho de fim de período…eheheheh…
      Não é fácil ser professor, menos ainda de Filosofia…mas como eu sempre disse, ficaria realizada se vocês saíssem mudados depois destes anos; se a Filosofia não tivesse sido mais uma “seca” a ter de carregar heroicamente até ao fim! Ainda bem que não foi…fiz o que estava ao meu alcance dentro dos limites do programa. Enfim, perderam uma professora, mas ficaram com a Amiga! E estarei sempre ao dispor para tudo o que precisarem e também para o que não precisarem…!!!
      beijinhos grandes já com saudades…sim…já não temos aula na 4ª feira…:-(
      IM

  2. 3 Susana Tavares
    Junho 5, 10 às 1:01 pm

    À professora que sempre esteve disposta a ajudar, à amiga, um muito obrigada por tudo 🙂
    Obrigada pela dedicação, pelos sorrisos, pela energia e força que nos transmitia, pela simplicidade, pela amizade,(pelos raspanetes 😀 ) e pelo bom humor. Foram bons momentos dos quais ninguém se esquecerá.
    Foi uma das pessoas que passou pela minha vida e pela vida de todos nós e deixou marca.

    Vamos ter saudades :’)

    Mas depois a gente “bate a porta” [nao se livra de nós assim tao facilmente, 🙂 eheheh]

    Um grande beijinho! *.*

    • 4 IM
      Junho 5, 10 às 9:04 pm

      Susana, estas coisas têm sempre os dois lados…eu tenho muito a agradecer-vos, proque tornaram a minha vida melhor, e eu tornei-me uma pessoa melhor neste tempo. Só dei o que podia dar e vocês deram o que podiam dar e houve entrega. Por isso é que acho que foi tudo muito especial…as aulas nunca me pareciam aulas naquele sentido mais formal e seco do termo. Para mim, foram sempre momentos agradáveis, mesmo quando eu tinha (poucas vezes!) de fazer uma sermãozito…bem, isto até foi mais no ano passado, certo?
      E batam à porta…a qualquer hora!!!! Eu não me quero livrar de vocês!!!

  3. 5 Quim Zé
    Junho 5, 10 às 7:37 pm

    eu não chorei porque sou forte ehehe
    Agora só nos resta lembrar destes dois anos de “tortura” com alegria 😀
    A professora marcou-nos a todos 🙂
    Beijinho*

    • 6 IM
      Junho 5, 10 às 9:05 pm

      Quinzé, bem me pareceu!! eheheh…
      És sempre o mesmo brincalhão!!! EHEHEHE….ainda que bem que fica alguma alegria da “tortura”!!! eehhehe…
      Obrigada!!

  4. 7 Joana,
    Junho 5, 10 às 7:57 pm

    Acho que as palavras não conseguem demonstrar nada daquilo que sentimos e passamos juntos. A disciplina foi uma ‘experiência’ muito boa, e a professora, tal como já disse, é um Exemplo, e tenho a certeza que nos vamos lembrar sempre das suas palavras, da sua Amizade :’)
    Tudo isto, vai estar sempre presente em todos nós .
    Beijinho grande *

    • 8 IM
      Junho 5, 10 às 9:08 pm

      Joaninha, tens razão…as palavras ficam sempre aquém do que se possa ou queira dizer…o que sentimos e passamos ficará sempre connosco, fará parte de nós e isso é único!
      Fico muito feliz por poder ficar na vossa vida de alguma forma. A minha amizade é algo com que sempre poderão contar.
      (já estou com a lágrima ao canto do olho…)
      Beijinho grande.
      IM

  5. 9 Sarah
    Junho 6, 10 às 10:40 am

    E pronto, chorei outra vez. Acho que é algo que não consigo controlar. É como se me tirassem o chão… Aqui há dois anos era uma estranha, que comia umas coisas esquisitas :)…Agora, é muito mais que uma simples estranha ou uma daquelas simples professoras que passam na nossa vida sem mudar nada. É uma amiga, a qual nos ajuda sempre que precisamos, que nos ensina a voar mais além, que nos mostra o que é ser diferente e mesmo assim não ter receio de o demonstrar… É a professora que mais me marcou ao longo destes anos todos, e com a qual cresci mais. E sim, cumpriu o seu trabalho na perfeição. Pode ter a certeza que a imagem que tenho da filosofia não é de uma disciplina entediante. Muito pelo contrário, é de uma “ferramenta” para a vida, a qual me proporcionou uma perspectiva diferente do mundo.
    Um muito obrigado por estes dois anos, por todo o apoio, por todos os risos descontrolados, por ser quem é.
    Em grande beijinho de despedida.
    (Ahh é claro que depois temos que combinar um lanche, afinal quero provar o famoso bolo de chocolate vegetariano :D)
    Bjinho*

    Sarah Oliveira

    • 10 IM
      Junho 6, 10 às 5:31 pm

      Ó Sarinha…:-)
      Muito obrigada…que posso eu mais dizer? Ainda me lembro daqueles olhos ansiosos que me espreitavam da 1ª fila da sala 36…aquele querer chegar, mas sem saber bem como…encontraste o teu espaço, o teu caminho…cresceste IMENSO e foi muito bom assistir a tudo isso!!!
      Agradeço o teu empenho, a tua dedicação, a tua determinação e a enorme sensibilidade que tens!!! Nós colhemos o que damos…
      E claro…estou sempre pronta para um lanchinho, então não??? ehehe…é só dizer e marcar!!!
      ;-))

  6. 11 Tânia
    Junho 6, 10 às 11:38 am

    Sinceramente, esse “nó” também me ameaçou, mas foi-se controlando, de modo a tornar tudo menos difícil … Pois, tal como já foi referido, isto não é um fim… é um começo de um voo livre, apenas possível com aquilo que a professora nos deu. Agora penso que estamos preparados para o fazer, se bem que mais um tempinho com as suas aulas era o ideal (nós também não nos queremos livrar de si! :D) .

    Lembro-me da primeira aula de Filosofia como se fosse hoje! As nossas caras esquisitas, pensando “quem é esta? “.

    Agora sei responder a essa pergunta: “É uma professora (mais do que professora, uma AMIGA) muito especial, que ficará gravada em todos nós, pelas suas palavras de encorajamento, conforto, pelos sorrisos, pelos olhares, etc. etc. Etc. …. (Tal como a Joaninha disse, não há palavras que descrevam o quão intensas eram as nossas aulas!)

    Destes dois anos de Filosofia, NADA foi em vão. Agora somos MAIORES e MELHORES . (A stora pode ter a certeza que a sua missão foi cumprida!) .

    Por isso, a stora não se vai livrar de nós com facilidade !! 😀 Para o ano, lá estaremos nós a bater à porta… a pedir umas aulinhas de Filosofia ! 😀

    Muito obrigada por estas palavras, por TUDO …

    Muitos beijinhos!!

    Tânia Melo

    • 12 IM
      Junho 6, 10 às 5:37 pm

      🙂
      Tocaste no ponto, Tânia: como dizia a Simone de Beauvoir, «nós, para os outros, apenas criamos pontos de partida». É isso mesmo. Foi isso que eu criei: um ponto de partida pata todos. Agora é só voarem, livres e ao vento, “free from the constraints of time”!!!
      Maiores e Melhores…sem dúvida e isso faz-me IMENSAMENTE FELIZ e orgulhosa desta turma tão, mas tão especial!!! Quando gostamos muito de alguém temos de o saber ver partir…voar sozinho, rasgar os céus. Que voes muito, Tânia, que voem muito e eu vou ficar orgulhosa de vos ver desaparecer nos céus!!!
      Muito OBRIGADA!!

  7. 13 Pedro
    Junho 6, 10 às 12:36 pm

    Era escusado um texto tão sentimental, não tinha vontade de chorar mas lá teve queser :). Ao longo destes anos aprendi muito e cresci muito tambem, devido a disciplina mas tambem, sem duvida á ajuda da professora. Eu não tenho muito jeito para escrever, como a professora já sabe, de qualquer maneira não podia passar em branco este bonito texto.
    Muitos beijinhos para si, e para o ano ainda vamos assistir a umas aulas xd
    Obrigado por tudo
    Pedro Santos!

    • 14 IM
      Junho 6, 10 às 5:39 pm

      Pedro, o que interessa é mesmo o que está lá dentro!…
      Cresceste, sim, e muito!! Aliás, até o disse na aula, lembraste??
      Fico à espera que me batam à porta!!!
      Beijinhos.
      Obrigada!

  8. 15 Sara Pardilhó
    Junho 6, 10 às 1:26 pm

    bem, aquela aula 😦
    aquelas imagens, aquelas musicas. ai, o que ‘apertei’ para nao chorar. a lagrima saiu mas tirei’a logo porque senao ia ser um rio.
    mas agora…
    a ler este texto perfeito nao aguentei, chorei mesmo, mas nao de tristeza.
    choro porque marcou, porque estes dois anos consigo marcaram, a stora marcou mesmo.
    sim, sou aquela menina que logo no final da primeira aula foi ter consigo a perguntar se havia apoio. eu olhava para aquilo e pensava: o que é isto? nao percebo nada disto.
    mas encaixou, tao bem que ao fim destes dois anos, a menina que era continua, mas mais crescida.
    as aulas, as brincadeiras, os sorrisos, os sermoes de quando era nossa DT, o problema com o prof de matematica , lembra’se? as nossas queixas e a stora a dizer que ja tinha falado com ele?
    bem, tive mesmo pena quando soube que nao era nossa DT.
    a stora marcou mesmo, digo e repito MARCOU, pelo lado positivo claro. é exemplo de esforço, dedicaçao, alegria, brincadeira e tantas outras coisas, para todos nós.
    acredite que conseguiu mudar um bocadinho de todos nos, conseguiu chegar aos nossos coraçoes e permanecer la.
    estará sempre presente (a)

    ah, e claro que lhe vamos bater à porta. e vamos convida’la para os lanchinhos e para vir à praia tambem 😛

    bem, e ja estou aqui de novo de lagrima no olho. nao sei mais o que dizer . apenas um grande OBRIGADO por ter estado sempre presente , pela pessoa que é , por tudo.

    OBRIGADA stora !

    grande beijinho.

    A menina que ja nao precisa de apoio: Sara Pardilhó*

    • 16 IM
      Junho 6, 10 às 5:43 pm

      🙂
      À praia????? NÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO…SOCORRRRRRRRROOOOOO…eheheheh (aos lanchinhos, sim!!!)
      Também darei apoio, Sarita, eheheheh..precisas?? ehehe
      Agora muito sério…é bem verdade…no início estavas um pouco perdida!!! Cresceste muito, também…os sermões também ajudaram, embora não fossem para ti, mas quase já faziam parte do sumário das aulas do ano passado!!! A verdade é que sortiram efeito e os problemas se resolveram!!!
      Fico muito feliz com tudo…ficaste numa turma fabulosa este ano e isso foi muito bom para ti!!!!!
      Ficarás sempre aqui…comigo.
      Um beijinho e muito obrigada!!

  9. 17 Cláudia
    Junho 6, 10 às 2:04 pm

    Na primeira aula que tivemos, eu pensei para mim: ‘o que vou levar daqui? , será isto útil para mim?’
    Passado dois anos, percebo que a filosofia nao é tão seca como pensava, e que mudou em certa forma, a maneira de como olhava para certas coisas da vida (…) as aulas, as brincadeiras, os sorrisos estão gravados no coração!
    É dificil escrever agora, as palavras ficam aquém daquilos que se quer dizer.. A professora pode ter certeza que marcou e que a sua missão foi cumprida!
    Como a Marta disse, é um ser humano com um coração enorme.. e isso é bem evidenciado pelas atitudes, pelos gestos que tem no dia-a-dia, nao so connosco como tambem com os animais.
    Obrigada por estas palavras. Beijinho

  10. 18 IM
    Junho 6, 10 às 5:45 pm

    “Passado dois anos, percebo que a filosofia nao é tão seca como pensava”…”não é TÃO seca”??? ai, ai, ai…quer dizer que É, mas não é TANTO???? Vais ter muitos amigos, ó Claudinha…com que então “não é tão seca”??? ehehehhehehe…vamos ter problemas, vamos ter problemas!!! ehehhehehehehehehhe…estou a brincar, claro!! Mesmo que tivesse sido uma tremenda seca, desde que te tivesse feito crescer um pouco, missão cumprida!!!!
    Muito obrigada!!!
    Beijinhos.

  11. 19 Daniel Canedo
    Junho 6, 10 às 7:58 pm

    É verdade que eu tinha uma ideia negativa de Filosofia antes entrar para o 10º ano. Mas isso desapareceu por completo no decorrer das aulas. Sem dúvida que a professora conseguiu captar o meu interesse e a minha atençao pela disciplina, porque não é muito fácil mudar uma pessoa que já vai com um pensamento negativo àcerca da disciplina. Esta turma é o que é, não só pela qualidade dos alunos, mas também pelos professores que tem. Temos professores muito bons, muito competentes, que certamente nunca serão esquecidos por nós. A professora é magnifica, consegue dar matéria, responder às duvidas dos alunos, e brincar ao mesmo tempo! Há disciplinas que eu só frequento por obrigaçao, mas Filosofia, foi uma disciplina que me interessou do principio ao fim, independente da materia. Escusado será dizer, outra vez, que a professora teve muito mérito.

    Vou ter saudades, beijinhos.

    • 20 IM
      Junho 6, 10 às 8:40 pm

      Olá, Daniel!
      É verdade que levar já uma ideia negativa de Filosofia para o 10º ano não ajuda nada…somos todos cupados…alunos e professores. Também é verdade que custa a inverter essa imagem, e fico muito feliz por saber que ela se desvaneceu!
      A turma é feita de tudo, sim, dos alunos e dos professores que vão dando à medida que vão sentido que há resposta. Agradeço em meu nome e em nome de todos os professores da turma as tuas palavras.
      É curioso como, no teu silêncio, na tua fantástica imperturbabilidade, lá do fundo da sala permanecias tão atento, registando coisas que depois aplicavas mais tarde, quando eu menos esperava…que bom teres gostado sempre das aulas!! Em também tenho os meus dias, embora quando entro numa sala de aula deixo tudo lá fora (relativamente, claro, eu não tenho a pretensão cartesiana de começar do zero..!), mas há dias em que estou mais chata, mais implicativa, menos bem-disposta, embora seja brincalhona, sim e até muitas vezes tenha de contar até 10 antes de falar!! ehheheheeh…
      Foram dois anos que ficam também na minha memória e tu, Daniel, tens coisas boas para contar de Filofia a quem pela primeira vez entre em contacto com a disciplina! Conto contigo para desafazer os preconceitos!!!
      Beijinhos e obrigada!!

  12. 21 Fábio
    Junho 6, 10 às 9:34 pm

    Estas palavras vêm mesmo a calhar…Numa altura em que estamos preocupados com os exames, a stora como sempre vem com uma palavra amiga que nos dá forças para continuar.
    Consegue sempre surpreender-nos. 
    No dia em que a stora não chorou (pelo menos na aula ), sexta, confesso que me surpreendeu com aquela máxima, (ainda estou a tentar digerir ).

    No primeiro dia de Filosofia estávamos todos confusos, sem saber muito bem o que fazer, mas acho que foi só até a stora sorrir. A partir daí todos os DOGMAS à cerca desta disciplina desapareceram (até já aplico gíria filosófica xD).
    Sempre gostei da forma como a stora fala, consegue captar a nossa atenção, sem nos maçar.
    Que posso dizer mais…Por vezes não são as palavras que contam…

    Então a stora acha que sou sereno…Talvez…Mas nem sempre eheheheh.
    Acredite que a stora conseguiu cumprir o seu papel como professora, e continuará com o seu papel de Amiga.

    Obrigado por tudo,
    Fábio

    • 22 IM
      Junho 7, 10 às 4:51 pm

      É Fábio…inspiras serenidade…tens sempre um ar muito calmo, muito sereno que é bonito de se ver…a máxima é para ir digerindo…heheheh..
      As máximos foram um miminho, um bocadinho que quis deixar para um dia poderem recordar…porcurei, dentro do possível, ajustar as máxmas ao que acho que precisavam de ler, pensar,etc…sempre para que sejam Maiores e Melhores…
      Fico muito feliz por saber que foram dois bons anos…procuro não maçar…sei que nem sempre é fácil, mas se há coisa relativamente à qual não consigo passar ao lado é de caras entediadas…não consigo continuar a aula da mesma maneira se percebo que está a ser uma seca inominável…lá vou tentando aliviar, dar a volta, brincar, ir à experiência dos alunos a aproveitar qualquer coisa para aa aulas…
      Ficarei sempre a Amiga, sim…já sabem…podem vir sempre ter comigo para o que for preciso!!!
      Beijinhos!!!

  13. 23 Sandra 11ºA
    Junho 7, 10 às 2:49 pm

    Olá!
    Não sou do 11ºB mas até eu fiquei impressionada… É bom, é muito bom quando a relação professor/aluno é assim… pura, de amizade, próxima… A escola é um estabelecimento de ensinamentos não só de letras e fórmulas matemáticas mas também de vida. Esta cara professora, a miss IM (como diria a Daniela AM), é uma boa professora de Filosofia mas também uma excelente professora da vida. A Filosofia ajuda muito, sem dúvida, mas sem si, stora, ela não teria chegado até nós, até mim, da maneira que chegou. Não seria, certamente, exactamente como sou, não saberia muita coisa que sei. Hoje sou uma pessoa MELHOR (sem dúvida alguma) muito graças a si. Aliás, pelos vistos, somos todos melhores! Pode ter a certeza que pode afirmar com firmeza que a missão, deste ano, foi cumprida! Um bem haja a si!
    Muitos beijinhos
    P.S.- Eu não chorei xD

    • 24 IM
      Junho 7, 10 às 5:01 pm

      (não fazes parte do 11ºB, mas acredita que eras uma excelente aquisição para a turma!!)
      Sandrinha, muito obrigada…sabes, esta foi uma turma (a única) que eu acompanhei dois anos…criaram-se laços fortes…na tua turma criaram-se alguns laços com os alunos, mas nem todos os alunos respondiam da mesma maneira à aula…havia os sempre muito interessados, os assim-assim e os nada-interessados, fizesse eu o que fizesse, para grande pena minha. Neste 11ºB, TODOS eram muito interessados. Isso faz a diferença…na tua turma, em algumas aulas, eu sabia que alguns alunos estavam desligados e, o pior, é que me era impossível fazer mais…há coisas que não se conseguem mudar. Também no 11ºB foi um percurso mais longo…no nosso caso, apenas um ano. Fico muito feliz por saber que não fui apenas uma professora de Filosofia…e ainda bem, MUITO, que saem Maiores e Melhores e a minha missão foi cumprida!!! Resta-me agora esperar por caras novas, no próximo ano, a olharem para mim e a pensarem: “quem é esta??”. E fica a dura tarefa de explicar tudo desde o início e a esperança (muita) de conseguir “conquistar alguns para a causa”. A ver vamos. É muito difícil começar no 10º…abrir os olhos, mostrar aos alunos que há vida para além do nosso umbigo e que crescer começa por olharmos para dentro de nós, num enorme esforço de auto-conhecimento…
      Tu naõ choraste porque não tens pena de deixar as aulas…ehehehehehehehhe..heheheeh..apanhei-te, Sandrinha…eeheheh…estou a brincar!!!!
      Eu também não vou desaparecer (digo eu!), ninguém me irá raptar (digo eu!), portanto, para a frente é que é o caminho…temos de dixar voar aqueles a quem amamos…
      Beijinhos.

  14. 25 Alexandra 11ºC
    Junho 7, 10 às 5:26 pm

    Como eu compreendo esse texto da professora! 😀
    Uma professora fantástica e uma turma fantástica 🙂 achei especialmente engraçada a parte da Catarina Correia: “as perguntas” 😀 eheheh.
    É uma turma que também me marcou a mim. Pela união, pela maturidade, pelo espírito e pelas amizades que se foram criando. Por vezes sentia-me “parte deles” e no fundo era mesmo isso 🙂

    Quanto à professora, que já tantas palavras simpáticas aqui tem registadas (e muito merecidas! 🙂 ) resta-me agradecer por tudo o que deixou de si em mim. As piadas que me faziam rir nas aulas, a simpatia, a maneira especial com que nos cativava para determinados assuntos (embora eu saiba que nem sempre era fácil…havia sempre um barulhinho de fundo que a interrompia…eheheh), pelos conselhos úteis :), a preocupação e acima de tudo pelo tal “nó” de saudade que deixa em todos nós.
    Não sei o que nos reserva o futuro, contudo, quero manter esta ligação ou ainda torná-la mais forte 🙂
    Lembro-me de lhe ter dito, antes de ser sua aluna, que era fabuloso ver o carinho e a alegria com que os seus antigos alunos me falavam de si. Hoje posso eu também dizer que é, sem dúvida, alguém que vale muito a pena conhecer 🙂 adorável!!
    Beijinho, com carinho*

  15. 26 IM
    Junho 7, 10 às 6:02 pm

    Ó Xaninha…:)…
    muito obrigada!!! Tu conheces a turma, os alunos, sabes bem do que falo…é uma turma com as características que referi ainda agora à Sandra!!! Eu GOSTEI MUITO de ser vossa professora, mashavia sempre alguns alunos que não gostavam assim tanto de Filosofia…certo? Nem que eu fizesse o pino, como se costuma dizer!!! Mas foi um ano muito positivo!! Agradeço a tua atitude, a tua postura…
    É claro que eu cá continuo!! E os laços não se quebram, fortalecem-se!! Há sempre os mails, os telemóveis, a escola e…os lanchinhos e até, NO LIMITE, vou à praia se for para estarmos todos juntos um bocadinho!!!
    Muito obriagada por tudo!!! Depois destes comentários todos ainda vou inchar que nem uma bola e estoirar!!! eheheheheh
    Bummmmmmm…eheheheheh…só coisas verdes espalhadas pelo chão…eheheheheheh
    😉
    Beijinho grande.

  16. 27 Sarah
    Junho 7, 10 às 6:25 pm

    Vamos à praia todos vestidos de amarelo!! 😀

  17. 30 Catarina Oliveira
    Junho 7, 10 às 6:35 pm

    Sexta-feira…sem duvida um dia de grandes emoções, entre choros e sorrisos, fica para sempre uma stora, uma amiga. A forma como capta a nossa atenção é incrivel e faz nascer em todos nos a curiosidade de saber sempre mais. Sem duvida que a stora entrou nos coraçoes de cada um para ficar :P.

    Um muito obridado por tudo, o objectivo foi sem duvida cumprido, as aulas de filosofia não foram uma «seca» :D, mas sim um espaço de lazer e aprendizagem que levamos para o resto da vida.

    Beijinhos e Muitas Saudades

    à (prof) Isabel Maia, a generosidade!

    P.S.: Quanto a “distancia”, vou empenhar-me em fazer com que esta se torne cada vez mais insignificativa!

    • 31 IM
      Junho 8, 10 às 11:20 pm

      🙂
      Obrigada, Catarina!…Mesmo…
      A distância a que me refiro é como se fosse uma espécie de barreira protectora à tua volta…fica-se sem saber se se pode chegar mais perto ou não…é que se não deixares os outros chegar perto (se calhar com os outros és totalmente diferente…)ninguém pode ver quem tu és..não podes dar, nem receber!!!
      Beijinhos.

  18. Junho 8, 10 às 8:41 am

    Concordo com tudo o que foi dito…A professora fez-nos crescer da melhor forma, crescer em maturidade, libertarmo-nos, pensar muito para além do simples ser humano. Agora resta-nos prosseguir esta caminhada sozinhos, já que a sua parte da missão está mais que cumprida.
    As suas aulas não eram cansativas, e muito menos uma “seca”, estas fluiam como se estivessemos a falar de assuntos realmente importantes para nós, para o nosso dia-a-dia (e eram).
    Mais do que uma professora, “a stora Isabel Maia” foi para nós uma Amiga, uma grande Amiga, que nos ajudou sempre que precisavamos e as suas palavras eram muito úteis, e até simplificavam os problemas que às vezes pareciam não ter solução. Mais do que isso sabiamos que poderiamos sempre contar consigo.
    Apesar disto tudo parecer uma despedida não é, porque apesar de a perdermos como professora, certamente não a perderemos como Amiga, embora, estejemos mais distantes uns dos outros.
    Espero que no futuro tenha mais alunos com vontade de crescer, apesar de acharem Filosofia uma disciplina muito esquisita como eu achei, no início. Tenho a certeza que vai encontrar mais turmas especiais, e eles vão encontrar uma professora especial.
    Apesar disto parecer uma despedida, não é. Queremos lanchinhos como já disseram e vamos bater à porta. Já agora se não for pedir muito, também queriamos umas aulas livres daquelas do ano passado, muito interessantes.
    Um Muito obrigado por tudo, por ser como é, e concordo plenamente com o Catarina “à professora-a generosidade”.
    Beijinhos, vamos ter saudades das suas e das suas aulas. Mais uma vez, obrigado!!!

    P.s:A Alexandra não devia brincar com a minha caracterização 🙂

    • 33 IM
      Junho 8, 10 às 11:25 pm

      “Ctaraina”????? Ó rapariga, não é que já estás toda baralhada outra vez e as aulas ainda só acabaram na 6ª feira???? ehehehehehehe…
      Muito obrigada…(Ctaraina??eheheh).
      “A generosidade” é muito…sou uma aprendiz também. Ainda bem que as aulas não foram uma seca…o maior pesadelo (aqui que ninguém nos ouve!) é dar aulas, como vocês dizem, “secantes”…não há nada pior do que dar aulas assim…olhar para aquelas cara entediadas dos alunos, sempre à espera que toque…fujo disso a sete pés..é completamene contrário à minha forma de ser…APRENDER não é isso!!!!
      E podem sempre vir bater à portas como aquelas minhas alunas; podemos fazer o lanchinho, umas aulas livres…o que quiserem!!!
      Já estou com saudades…não tenho emenda…
      😦

  19. Junho 8, 10 às 11:17 am

    Bem ja tanto foi dito que pouco mais tenho pra dizser. Peço desculpa por não ter estado muito presente naquela sexta feira mas há coisas às vezes k tem de ser postas um pouco à parte em função de outras que acho serem mais importantes… Maturidade? Não sei pra 17 anos acho k tenho o suficiente para puder encarar os meus problemas..A sua máxima ainda está a dar que pensar… Ao contrário do Daniel Canedo eu não ia com um ideia negativa de filosofia ia sim com curiosidade… A professora fascinou me pela sua maneira de ser e de lidar com as coisas, eu não diria que mudei com a disciplina mas sim que me descobri! Por tudo que nos ensinou e ajudou um grande Obrigado. E conte comigo pra chatea la de vez em quando e concordo com a catarina pra umas aulas livres. Beijinhu
    Raquel..

    • 35 IM
      Junho 8, 10 às 11:28 pm

      Não tens de pedir desculpa por nada. Temos de hierarquizar as coisas e saber gerir as nossas emoções…
      Quanto à tua maturidade, não tenhas dúvida…és uma mulherzinha, Raquel, sem dúvida e, se calhar, os teus problemas só o são por isso mesmo…só há problema onde há conhecimento, lembraste??
      Descobrires-te com a disciplina é o melhor que se pode esperar…é sempre o mais difícil de conseguirmos fazer e sempre aquilo que ambicionamos proporcionar aos alunos!
      Parabéns!!!
      Aparece sempre!!

  20. 36 Alex
    Junho 8, 10 às 5:03 pm

    Bom, depois de todos estes comentários não sei o que hei-de dizer. Desde já aviso que não tenho muito jeito para isto. Queria agradecer tudo o que fez por todos nós durante estes dois anos, e em particular a mim pois ajudou-me imenso a enfrentar aquele pequeno problema que tenho desde o 10º ano. Quero que saiba que tudo o que disse não foi em vão e que tenho conseguido melhorar, apesar de o problema não desaparecer como é óbvio.
    Cumpriu o seu trabalho na perfeição, e sem si filosofia não seria a mesma coisa. A forma como consegue transmitir a mensagem é espectacular, ajudando-me imenso no meu dia -a- dia. Fez-me questionar muita coisa, e aprendi muito consigo. No nosso coração, ficam todos os momentos felizes vividos nestes dois anos, mas mais importante do que isso fica a nossa amiga Isabel Maia.
    Então a professora acha que o que me caracteriza é a postura? … Não sei, talvez.
    Não se preocupe, porque isto não é uma adeus, mas sim um até já.
    Muito obrigada por ser como é.
    Beijinhos. Vamos sentir a sua falta.

    • 37 IM
      Junho 8, 10 às 11:33 pm

      Ó Alex, ainda bem que consegui ajudar um pouco…mudaste muito, mudaste para melhor. Sem dúvida. Tens de confiar mais em ti. Tens mesmo. És capaz de confiar e de seguir em frente.
      Claro que fica uma amiga! Sempre! De mim já não se livram…só se livraram das aulas, até porque para o ano eu vou andar a sondar, a saber como andam as notas, as aulas, etc…vícios de directora de turma!!! Uma intrometida!!! eheheheh
      Agora toca a estudar para os exames…se puder vou às vossas salas levar energia positiva!!!!
      Muito obrigada por tudo. E sim, a postura é uma característica muito tua…muito responsável, educado, correcto…5 estrelas!!!!
      😉

  21. 38 Sara Silva
    Junho 9, 10 às 7:41 pm

    Olá stora…também venho deixar a minha palavra…(já que não me consegue ouvir nas aulas)…isto é mais forte do que eu…a vergonha anda sempre comigo…infelizmente!
    É incrivel como nos consegue caracterizar tão bem….mesmo àqueles que nunca falam… as máximas dizem tudo…acho que todos ficamos contentes….
    É bom conseguirmos criar laços com os nossos professores…é pena não ser com todos…
    A stora está de parabéns …fez um excelente trabalho …. consegui deixar o seu carimbo nas nossas vidas….
    Como os meus colegas já disseram…cumpriu o seu objectivo bem cumprido..ehehe
    E isso pode-se comprovar com a marca que deixou na nossa turma….na forma como nos deu as aulas, na forma como nos fez rir…. 🙂 Temos aqui uma professora de respeito…não é para todos… somos uns felizardos…
    A stora já tem o seu lugar garantido, aqui na varanda do meu coração…só para pessoas especiais….que dão sentido e mudam a nossa vida de forma positiva….. com certeza temos aqui uma AMIGA especial.
    🙂
    Como a minha prima dizia, e eu pude conprovar, é uma excelente pessoa…um exemplo para nós, pela sua forma de encarar a vida, pela sua generosidade para com os outros e pela sua simpatia..

    “As pessoas entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem.”Lilian Tonet

    Não foi por acaso que ficou nas nossas vidas, ficou porque fez por isso e nos conquistou….

    Beijinhos,BOAS FÉRIAS..

    Obrigada por tudo….

  22. 39 IM
    Junho 9, 10 às 9:38 pm

    !!!!
    É isso…não te ouço falar nas aulas, mas aqui falaste pelos cotovelos, Sarinha!! ehehheheh..Muito bem!!!!
    Só me resta agradecer a ti, a todos…vocês não imaginam (vos garanto!) como estas palavras são um incentivo, dão ânimo, dão SENTIDO a tudo o que faço!!! Vou começar o ano lectivo que vem com mais força, com mais dinamismo, embora eu tenha a certeza (sim, a certeza…quase tão certa como o cogito!) de que não encontrarei mais uma turma assim. Não foi há toa que se criaram laços, Sara…com TODOS!!! Vou ter muitas, mas muitas saudades vossas!!! Vou sempre recordar os teus lindos olhos rodeados de umas vivas e curiosas sardas…avermelhadas, claro…eheheheheh…
    Muito obrigada, princesa, por teres passado pelas minhas aulas!!!
    Essa timidez és tu…mas aos poucos, aos poucos, ela vai passando!!!
    Beijinhos.

  23. Dezembro 26, 11 às 2:53 am

    Apesar de conhecido por vários nomes, a magia que espalha sentida por adultos e crian as que celebrando o Natal em todo o mundo.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: